Pare de querer sempre receber (não é um texto sobre o dia da Mulher, mas também é)

Diz um dos textos clássicos da Kabbalah que você só se torna divino quando supera a necessidade de receber, para viver, concretamente, a vontade de doar. Mas não um doar egóico, que doa pra receber o agradecimento, o reconhecimento ou ocupar um lugar de poder indireto e diferenciado: um doar totalmente desprendido. Um doar totalmente desconhecido do ser humano comum. No caso, eu e você. … Continue a ler Pare de querer sempre receber (não é um texto sobre o dia da Mulher, mas também é)